Aleitamento materno e consumo alimentar

O aleitamento materno, a alimentação complementar e o consumo alimentar da criança são avaliados por meio de questionário fechado e aplicação do recordatório alimentar de 24 horas. Neste último registram-se todos os alimentos e bebidas que criança ingeriu no dia anterior à entrevista, desde o momento em que acordou até a hora em que foi dormir. Detalhes como o tipo de preparação, ingredientes adicionados, local e hora de consumo e quantidades são também registrados. Está sendo utilizada a abordagem dos 5 passos, que incluem etapas e procedimentos para realizar a entrevista e registrar os alimentos sem influenciar a resposta do entrevistado. Os cinco passos adotados são:

  -Passo 1: Adição de alimentos

  -Passo 2: Listagem de alimentos esquecidos

  -Passo 3: Definição de horário e tipo de refeição

  -Passo 4: Detalhamento

  -Passo 5: Revisão final

Também serão contemplados outros temas, como: desenvolvimento infantil, consumo de suplementos de vitaminas e minerais, habilidades culinárias dos cuidadores da criança, insegurança alimentar e ambiente alimentar doméstico e comunitário.

Objetivos do Eixo:

-Estimar o número de crianças em aleitamento materno;

-Avaliar práticas relacionadas ao aleitamento materno como a frequência de utilização de mamadeiras, chupetas e acessórios para amamentação; a ocorrência de aleitamento materno cruzado; e a frequência de doação de leite humano para bancos de leite; 

-Analisar práticas de alimentação complementar e identificar os padrões alimentares;

-Avaliar o consumo alimentar por meio da ingestão de calorias e de nutrientes, a partir da alimentação e do uso de suplementos;

-Estimar a insuficiência ou excesso do consumo de nutrientes;

-Estimar a contribuição de alimentos ultraprocessados no consumo calórico diário total;

-Estimar a frequência da insegurança alimentar domiciliar;

-Avaliar o ambiente alimentar doméstico e comunitário;

-Descrever as habilidades culinárias dos pais (responsáveis/cuidadores) das crianças;

-Avaliar a associação de indicadores socioeconômicos e da licença maternidade com padrões de aleitamento materno e alimentação complementar.